Análise computacional da estabilidade de compostos atípicos de carbono aplicada à astroquímica

Autores

  • Joel Augusto Moura Porto Universidade de São Paulo
  • Sérgio Rodrigues Universidade de Coimbra

DOI:

https://doi.org/10.47456/Cad.Astro.v2n1.33605

Palavras-chave:

compostos de carbono atípicos, astroquímica, análise computacional, dft, ccpvtz

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar a possibilidade de, por meio de recursos computacionais, calcular, de forma acessível , aproximações das propriedades estruturais de espécies químicas de interesse astroquímico. Para tal, utilizamos como exemplo as espécies de carbono do tipo C2, C3, C4, Cque podem ser observadas no espaço interestelar. Estas espécies, além de serem de difícil obtenção e caracterização experimental, evidenciam muitas das características e limitações das abordagens teóricas. Para o presente trabalho, analisamos a estrutura, a geometria de equilíbrio, as energias nuclear, eletrônica e total destas espécies. Para calcular as frequências das espécies, foi calculada a hessiana no fim da otimização das estruturas. Foram usados o wxMacMolPlt® para o desenho e preparo das estruturas e o GAMESS® para o gerenciamento dos cálculos. Analisamos, numa perspectiva pedagógica, os resultados e as características dos cálculos para os compostos dicarbono, tricarbono, tetracarbono e pentacarbono lineares e tricarbono, tetracarbono e pentacarbono cíclicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-31 — Atualizado em 2021-02-08

Versões

Como Citar

[1]
J. A. Moura Porto e S. P. J. . Rodrigues, “Análise computacional da estabilidade de compostos atípicos de carbono aplicada à astroquímica”, Cad. Astro., vol. 2, nº 1, p. 149, fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos