Matéria escura axiônica

Autores

  • Bruce Lehmann Sánchez Vega Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.47456/Cad.Astro.v2n1.33930

Palavras-chave:

áxions, ALPs, Matéria escura

Resumo

Evidências astrofísicas e cosmológicas sugerem que aproximadamente 85% da matéria no Universo é feita de um componente não luminoso e pouco interagente chamado de matéria escura. Várias sugestões para sua composição têm sido propostas, no entanto, até o momento não foi confirmada nenhuma detecção direta para esse tipo matéria. Áxions, partículas neutras muito leves e pouco interagentes, sugeridas na década de 1970 para resolver o problema da violação de CP na interação forte, podem constituir esta matéria misteriosa que tem desafiado toda a comunidade científica por várias décadas. Neste artigo, revisamos brevemente a motivação inicial, os modelos clássicos, a produção e as pesquisas experimentais sobre áxions.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-31 — Atualizado em 2021-02-08

Versões

Como Citar

[1]
B. L. Sánchez Vega, “Matéria escura axiônica”, Cad. Astro., vol. 2, nº 1, p. 66, fev. 2021.

Edição

Seção

Seção Temática