O LÉXICO DA MODA NO UNIVERSO PORTUGUÊS E BRASILEIRO

UM ESTUDO COMPARATIVO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/cl.v14i29.31147

Palavras-chave:

Léxico da moda, Português europeu, Português brasileiro, Vogue Brasil, Vogue Portugal

Resumo

A moda espelha a contínua mudança da época em que se insere e as roupas são usadas como um instrumento social para afirmar o status econômico e o próprio papel em sociedade. Desse modo, também o léxico que a ela se refere reproduz essas alterações. Neste artigo apresentamos, especificamente, o estudo da relação entre a moda e a Linguística ao propormos reflexões sobre as diferenças lexicais referentes à nomeação das vestimentas e acessórios em duas comunidades escolhidas: a brasileira e a portuguesa. Tendo como base a Lexicologia e a Lexicografia, com a pesquisa proposta a partir de um córpus advindo das revistas Vogue Brasil e Vogue Portugal, com vistas à elaboração de um vocabulário, refletimos sobre as unidades lexicais adotadas e sobre as dissonâncias entre o português europeu e o brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vivian Orsi, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

Doutora e mestra em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP); graduada em Letras pela mesma instituição. Realizou estágio de pós-doutorado na Università degli Studi di Torino. É professora do Departamento de Letras Modernas e do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da UNESP, câmpus de São José do Rio Preto.

Referências

ADORNO, G. Visualizar, ler e compreender o dicionário Priberam: divisões políticas da língua no limiar do linguístico e do visual. Línguas e Instrumentos linguísticos, v. 42, p. 98-138, 2018.

ANTUNES, I. Território das palavras. São Paulo: Parábola, 2012.

BARTHES, R. Imagem e moda. Vol. 3 São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BIDERMAN, M. T. C. O Português Brasileiro e o Português Europeu: Identidade e contrastes. Revue belge de philologie et d'histoire. Langues et littératures modernes - Moderne taal- en letterkunde, Tome 79, fasc. 3. p. 963-975, 2001a.

BIDERMAN, M. T. C. Teoria linguística. São Paulo: Martins Fontes, 2001b.

BRANDINI, V. Cultura de Consumo e Modernidade no Século XIX. Signos do Consumo, v. 1, p. 10-20, 2009.

BREWARD, C. The Culture of Fashion. Manchester: Manchester University Press, 1995.

BUGUEÑO MIRANDA, F. V.; BORBA, L. C. (Orgs.). Manual de (Meta)Lexicografia. Goiânia: Editora Espaço Acadêmico, 2019.

CASADEI, F. Lessico e Semantica. Carocci, 2003.

CHATAIGNIER, G. História da Moda no Brasil. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2010.

COVERI, L; FIORI, F. Le parole della moda e la carta stampata. In: CATRICALÀ, M. (Org.). Per filo e per segno. Soveria Mannelli: Rubettino, 2003.

FAJARDO, A. Las marcas lexicográficas: concepto y aplicación práctica en la Lexicografía española. Revista de Lexicografía, v. 111, p. 31-57, 1996-1997.

FARIAS, L. M. O Traje e a Moda feminina na arte em Portugal nos séculos XIV e XV: características e representações. 2017, 90 f. Dissertação (Mestrado em Arte e Patrimônio) – Universidade de Coimbra, Coimbra, 2017. Disponível em: https://eg.uc.pt/bitstream/10316/85608/1/Tese%20Final%20completa-1.pdf. Acesso em: 16 jun. 2018.

FROSI, V. M. A identidade étnica e linguística do ítalo-brasileiro: sua constituição e reconstrução. Signum, Londrina, n. 16/2, p. 101-124, dez. 2013. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/signum/article/view/14049/14015. Acesso em: 22 set. 2020.

GAMEIRO, A. W. R. R. A Moda e as Modistas em Portugal durante o Estado Novo – As mudanças do pós-guerra (1945-1974). 2017, 587 f. Dissertação (Mestrado em Arte, Património e Teoria do Restauro) – Universidade de Lisboa, Lisboa, 2017. Disponível em: https://repositorio.ul.pt/handle/10451/29933. Acesso em: 16 jun. 2018.

GUIDINI, V.; ROSOLINO, M. J. A revista Vogue brasileira como precursora de novos modelos e conceitos de moda e sua relação com a crítica de moda. Anagrama, v. 6, n. 4, p. 1-11, abr. 2013.

MELO DOS SANTOS, C. R. Diferenças léxico-semânticas do português do Brasil e de Portugal. Philologus, Rio de Janeiro, ano 20, n. 59, p. 7-12, maio/ago. 2014.

MENEGUETE, A. Vogue brasil e sua relação afetiva e emocional com a leitora. 2012, 50 f. Especialização (Monografia em Especialista em Estética e Gestão de Moda) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moda/monografias/Andreia.pdf. Acesso em: 16 jun. 2018.

MICHETTI, M. Moda brasileira e mundialização: mercado mundial e trocas simbólicas. 2012, 502 f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012. Disponível em: https://www.academia.edu/5383925/Moda_brasileira_e_mundializa%C3%A7%C3%A3o_mercado_mundial_e_trocas_simb%C3%B3licas_Tese_de_doutorado_. Acesso em: 16 jun. 2018.

ORSI, V. A presença de empréstimos da língua inglesa na revista brasileira Glamour. In: 11° COLÓQUIO DE MODA, 11/8, 2015, Curitiba. Anais do 11° Colóquio de Moda - 8ª Edição Internacional. Curitiba, 2015. p. 1-10.

ORSI, V. Lexicologia: o que há por trás do estudo das palavras? In: GONÇALVES, A. V.; GÓIS, M. L. S. (Orgs.). Ciências da Linguagem: O fazer científico? Campinas: Mercado de Letras, 2012. p. 163-178.

ORSI, V.; CARMO, L. Itens lexicais neológicos e a moda: um estudo ilustrativo da revista L’Officiel Brasil. Iara: Revista de Moda, Cultura e Arte, v. 8, p. 64-74, 2015.

ORSI, V.; ALMEIDA, M. C. Moda e literatura no Brasil: considerações sobre o léxico do século XIX. Caligrama, v. 24, p. 193-207, 2019.

PIRES, D. B. A história dos cursos de design de moda no Brasil. Revista Nexos: Estudos em Comunicação e Educação, São Paulo, ano VI, n. 9, p.1-13, 2002.

VILLALVA, A.; SILVESTRE, J. P. Introdução ao estudo do léxico: descrição e análise do Português. Petrópolis: Vozes, 2014.

SOARES DA SILVA, A. Sociolinguística cognitiva e o estudo da convergência/divergência entre o português europeu e o português brasileiro. Veredas, v. 10, p. 1-21, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/veredas/article/view/25230. Acesso em: 16 jun. 2018.

SVENDSEN, L. Moda: uma filosofia. Trad. Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

VERGANI, G. (Org.). Dizionario della moda. Milano: BCD, 2010.

WITTMANN, L; PÊGO; T; SANTOS, D. Português do Brasil e de Portugal: alguns contrastes. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE LINGUÍSTICA, 11, 1995, Lisboa. Actas do XI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. Lisboa: APL/Colibri, 1995. p.465-487. Disponível em: http://www.linguateca.pt/Diana/download/apl95b.ps. Acesso em: 12 set. 2013.

Webgrafia

http://www.aulete.com.br

https://dicionario.priberam.org/

https://www.vogue.pt/

https://vogue.globo.com/

https://www.google.com.br/

https://www.google.pt/

Downloads

Publicado

2020-12-30