Sobre a Revista

A Revista Brasileira de Literatura e Ensino nasceu como decisão coletiva do Grupo de Trabalho (GT) Literatura e Ensino, vinculado à Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (Anpoll), em reunião ordinária realizada em 2019, na Universidade de Brasília. Atende a um escopo específico - a intersecção entre os Estudos Literários e os Estudos Pedagógicos -, inexistente em sua radicalidade nas revistas brasileiras de áreas como Educação, Linguística Aplicada e Literatura.

Visa a difundir: a) resultados de pesquisas concluídas e em andamento sobre relações entre a literatura (em suas mais variadas manifestações) e os processos de formação humana, mais particularmente os processos de ensino e aprendizagem nos diferentes níveis e graus, que se apresentem seja na forma estrita de artigos, seja na forma mais livre de ensaios; b) análises de documentos e de políticas oficiais, em âmbito internacional, nacional ou local; c) resenhas de dissertações, teses ou outras publicações concernentes ao campo; d) relatos de experiência explicitamente fundamentados téorica e metodologicamente em suas dimensões literária e pedagógica, que se apresentem devidamente contextualizados, descritos e analisados; e) entrevistas, depoimentos ou textos memorialísticos de docentes, pesquisadores e/ou bibliotecários de vulto para o campo; f) documentos de interesse para o campo, mas que estejam esgotados ou que tenham acesso restrito, desde que autorizados pelos autores ou detentores de direitos; e, enfim, g) relatórios de trabalho do próprio GT.

Tem como premissas: 1. O pluralismo de perspectivas ontológicas, epistemológicas e gnosiológicas; 2. A acuidade na avaliação de originais, na emissão de pareceres e na eventual edição dos manuscritos; 3. A gratuidade no processo de publicação e de acesso. Tanto quanto possível, os trabalhos serão publicados no sistema "Ahead of Print" - ou seja, os trabalhos submetidos, à medida que forem aprovados e editorados, serão publicizados no site, sem necessariamente aguardar a composição total de um número ou dossiê, visando a agilizar a comunicação no universo acadêmico-científico. Além disso, é importante ressaltar que, ao submeter originais à Revista Brasileira de Literatura e Ensino, o autor cede os direitos autorais para a publicação, abdicando de qualquer tipo de remuneração ou vantagem.

Decidiu-se por sua hospedagem na Universidade Federal do Espírito Santo, designando-se como editores associados os coordenadores do GT, professores Ana Crélia Dias (UFRJ) e Benedito Antunes (Unesp), e como editora gerente a professora Maria Amélia Dalvi (UFES).