AS TIRAS HUMORÍSTICAS NOS LIVROS DIDÁTICOS DO ENSINO MÉDIO: UMA ABORDAGEM SOCIOLINGUÍSTICA VARIACIONISTA

Autores

  • Enedina Cristine Silva Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Resumo

O presente estudo teve por objeto de análise as variedades linguísticas percebidas nas tiras humorísticas. Esse tipo de gênero imagético foi o escolhido por retratar com mais evidência a linguagem oral - objeto de estudo da Sociolinguística.

O corpus selecionado e analisado foi obtido por meio de uma pesquisa empírica quantitativa tendo por campo delimitado os livros didáticos adotados para o Ensino Médio das escolas estaduais do município de Aliança-PE.

A pesquisa foi fundamentada na Teoria Variacionista do linguista William Labov, bem como dos estudos dos pesquisadores Maria Maura Cezario e Sebastião Votre.

Os resultados obtidos mostram que mesmo as tiras retratando diálogos informais, a predominância é o uso de uma língua formal, ou seja, há uma falsa oralidade veiculada nesse tipo de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enedina Cristine Silva, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Enedina Cristine da Silva, Profª do Ensino Fundamental II e Médio. Graduada em Letras pela FFPNM - UPE. Especialista em Língua Portuguesa pela UFRPE. Mestranda em Linguística Aplicada pela UFPB desenvolvendo pesquisas na área do gênero imagético.

Publicado

2012-10-26

Edição

Seção

Artigos