ANÁLISE COMPARATIVA DA CAPACIDADE ANTIOXIDANTE DE Tithonia diversifolia HEMSL. EM DUAS LOCALIDADES DO ESPÍRITO SANTO

Autores

  • Larissa de Freitas Almeida Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Anny Carolyne da Luz Grola Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Suiany Vitorino Gervasio Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Irany Rodrigues Pretti Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Maria do Carmo Pimentel Batitucci Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Resumo

Tithonia diversifolia Hemsl. (Asteraceae) é uma espécie originária do México, amplamente distribuída nas regiões tropicais e subtropicais. É muito utilizada na medicina tradicional em países da América Central, América do Norte, África e Ásia, sendo conhecida por conter diversos compostos secundários como, as lactonas sesquiterpênicas, taninos, e os flavonoides, os quais podem ser detentores de atividades biológicas importantes. As condições ambientais dos sítios de crescimento juntamente às características genéticas das plantas afetam diretamente a qualidade do produto fitoterápico produzido. Portanto, a avaliação conjugada desses efeitos é de suma importância na área de pesquisa de produtos naturais. Assim, o presente estudo objetivou caracterizar e correlacionar os teores totais de flavonoides e o desempenho antioxidante de duas frações obtidas do extrato hidroalcoólico de T. diversifolia, de indivíduos coletados em duas localidades do Espírito Santo (municípios de Colatina e Santa Teresa), por meio dos ensaios DPPH e ABTS. Os resultados indicaram diferenças nas atividades antioxidantes dos indivíduos cultivados em localidades distintas, bem como demonstraram que, em relação aos teores de flavonoides, a fração hexânica apresentou melhores resultados. Em relação às localidades, os dados apontam que as frações de Santa Teresa foram as que apresentaram melhores resultados nos testes antioxidantes, em ambos os ensaios. Para construção de um perfil fitoquímico mais detalhado, ainda é necessária a realização de outros ensaios investigativos, que explorem as diferentes respostas do metabolismo secundário de T. diversifolia ao ambiente e como essas respostas influenciam nas atividades biológicas, permitindo futuramente traçar um perfil ambiental mais adequado para o cultivo desta planta.

Palavras-chave: Antioxidante. Flavonoides. Fatores ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-24