CONSOLIDAÇÃO DE COLEÇÃO DIDÁTICA ZOOLÓGICA COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO E DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO DE VITÓRIA

Autores

  • Bryan da Cunha Martins Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Gabriela Scoto Silva dos Santos Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Guilherme Alvarenga da Rocha Oliveira Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Guilherme Augusto Santos Peixoto Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Izadora Silveira Fernandes Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Nilton Edio Damas Ferreira Junior Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Victoria Carolina Costa Faria Universidade Católica de Vitória – UCV
  • Rafaela Duda Paes Universidade Católica de Vitória – UCV

Resumo

Compreendem-se por coleções zoológicas os conjuntos de animais coletados em seus ambientes naturais, que foram preparados a fim de permanecerem conservados em condições de estudo durante centenas de anos. Estas coleções podem proporcionar aos alunos experiências de contato com organismos que não poderiam ser facilmente observados na natureza. Além disso, pode estimular a curiosidade e interesse sobre a Biologia. Dentre os métodos de conservação, citam-se a preservação em via seca a partir da taxidermia e em meio líquido, em que estruturas são conservadas em álcool ou formol. Ademais, técnicas recentes de impressão 3D têm permitido a confecção de peças anatômicas de grupos de difícil acesso, como fósseis e animais ameaçados de extinção ou exóticos. O presente trabalho teve como objetivo instituir uma coleção didática padronizada de vertebrados no Centro Universitário Católico de Vitória (UCV), a fim de contemplar amostras da biodiversidade para serem usadas como recurso de ensino. Parcerias foram iniciadas com empresas que doaram animais para a coleção didática e com o curso de Engenharia de Produção da Católica de Vitória para impressão de crânios. Foram acrescentados ao Museu de Zoologia da UCV 90 novos exemplares inteiros de répteis, aves e mamíferos, 155 amostras de penas, 19 crânios de mamíferos e aves. Destacam-se ainda três crânios impressos em 3D (Tyrannosaurus rex, Caiman latirostris e Hippopotamus amphibius). O incremento de material na coleção didática permitiu a realização de atividades relacionadas à divulgação de informações sobre a fauna amostrada e, consequentemente, difusão científica. O público-alvo desta ação engloba alunos de graduação da instituição em suas aulas práticas (4 turmas de Ciências Biológicas, aproximadamente 90 alunos), alunos de escolas públicas e privadas de Ensino Fundamental e Médio e os moradores da comunidade. Estes indivíduos desfrutam da coleção em eventos institucionais como o Vivências de uma escola, o Inova Católica, Corrida Salesiana e as feiras de profissão, onde é proporcionado um conhecimento dinâmico e interativo e o contato direto com os exemplares para o aprendizado acerca da importância da representatividade em coleções e dados sobre os animais, como aspectos taxonômicos e ecológicos.

Palavras-chave: Difusão científica. Educação científica. Fauna. Ensino de Zoologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-24